Quais furadas evitar ao visitar Berlim

Berlim é uma das cidades mais procuradas por turistas que visitam a Europa. Só nos 3 primeiros meses deste ano, a cidade recebeu mais de 3,5 milhões de turistas (quase o mesmo que sua população). Berlim é uma cidade com alma própria, e algumas atrações dos roteiros turísticos tradicionais são pura perda de tempo. Saiba aqui quais furadas evitar ao visitar a cidade:

Checkpoint charlie

O Checkpoint Charlie era uma das fronteiras entre a Alemanha Ocidental (BRD) e a Alemanha Oriental (DDR). Ele ligava o setor americano ao setor soviético da cidade (Berlim também era dividida) e servia para a passagem de militares de ambos os lados.

Hoje o Checkpoint Charlie é uma das atrações turísticas mais visitadas de Berlim, e uma das que mais decepcionam. No local há um pequeno posto de controle ocupado por “soldados” (atores) que só estão lá para fazer fotos com turistas. Não perca seu tempo com isso.

Photo by Petra Nesti on Pexels.com
Museu DA DDR

A DDR (Deutsche Demokratische Republik) era a antiga Alemanha Oriental e o principal museu fica na Ilha dos Museus, próximo à Alexanderplatz. A história da DDR em si é interessante, mas o museu fica na área central da cidade e cheia de turistas. Os tickets não são tão caros (cerca de 9 €) mas é bem possível que em dias mais movimentados você enfrente fila para entrar.

Uma alternativa é o outro Museu da DDR, na Kulturbrauerei. Ele fica um pouco mais afastado do centro, no bairro de Prenzlauer Berg no nordeste da cidade, mas é gratuito e geralmente vazio. Além disso, a Kulturbrauerei é uma construção histórica onde hoje são promovidos vários eventos culturais. Não longe dali também fica o Mauerpark, que aos domingos é bem frequentado por locais e turistas.

© DDR Museum, Berlin 2017
Madame Tussauds

Museu com figuras de cera conhecido mundialmente, o Madame Tussauds tem mais de 20 filiais pelo mundo, uma delas em Berlim. E esse é o motivo para não perder seu tempo no museu, já que de Berlim ele não tem muito e é algo que você pode ver em outras cidades. Além de economizar os 26 € do ticket para tomar cerveja em um belo Biergarten.

FIcar no centro turístico

Isso vale para outras cidades também, mas principalmente em Berlim, ficar circulando somente dentro do centro turístico (Potsdamer Platz, Brandenburger Tor, Alexanderplatz etc) vai te tirar a oportunidade de conhecer os bairros da cidade. E é nos bairros que a vida berlinense acontece de verdade.

Tire um tempo para conhecer ao menos um ou dois bairros: Schöneberg, Kreuzberg, Neukölln e Friedrichshain são boas opções. Eles são repletos de bons cafés e restaurantes, parques, e além de tudo em geral não são cheios de turistas se espremendo nas calçadas.

Bild von Gabriel Bonis auf Pixabay
Achar que berlim é a alemanha que voce imagina

Oktoberfest? Roupas típicas? Danças tradicionais? Ordem e pontualidade? Se essa é a imagem que você tem da Alemanha, Berlim vai te assustar à primeira vista. A capital alemã tem vida e personalidade próprias e se distancia muito desses clichês.

Como já mostrado aqui, Berlim é a cidade menos alemã que voce vai visitar. Portanto, deixe esses clichês de lado e você vai conhecer uma Berlim internacional, multicultural, aberta e alternativa. Ou seja, tudo o que boa parte da Alemanha não é.

Photo by XU CHEN on Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s