Como Brandemburgo, o estado “rural” da Alemanha, está virando um pólo tecnológico

O estado de Brandemburgo, localizado no leste da Alemanha, é conhecido por suas pequenas cidades, agricultura e por muito ficou a parte do desenvolvimento visto na Alemanha depois da Reunificação, principalmente no oeste do país.

Brandemburgo é o estado onde, geograficamente, está localizada Berlim. Mas só geograficamente. Berlim é politicamente independente e se desenvolveu muito nas últimas décadas, principalmente nos setores de serviços e tecnologia.

Já Brandemburgo não tinha, até então, conseguido acompanhar esse desenvolvimento. Prova disso é que já é conhecida a história de jovens que deixam suas cidades em Brandemburgo para buscar emprego e melhores condições de vida em Berlim.

Mas essa história está mudando.

Mais tecnologia e empregos em Brandemburgo

A recém inaugurada fábrica da Tesla em Grünheide, a cerca de 40 km de Berlim, marca o início de uma nova fase na história da economia e desenvolvimento de Brandemburgo. E isso já chamou a atenção de outras empresas.

Essa é considerada uma grande vitória para Brandemburgo, que há anos tentava atrair empresas e empreendimentos sem sucesso. Uma fábrica de dirigíveis que noa saiu do papel, outra de chips eletrônicos que foi adiante…a lista é longa. Mas agora, a fábrica da Tesla parece abrir um mundo de oportunidades e empregos para Brandemburgo.

A expectativa é que a Tesla produza anualmente cerca de 500 mil veículos elétricos, gerando 12 mil empregos diretos. Assim, Brandemburgo está virando um pólo automotivo alemão, e diferente das cidades do oeste e sul, onde estão as grandes montadoras, a expectativa é que Brandemburgo se torne um pólo de referência na produção de carros elétricos.

Um representante de uma agência de investimentos na região afirma que o “interesse de investidores em Brandemburgo não para de aumentar”. E isso se deve muito à iniciativa da Tesla de se instalar na região, completa ele.

Photo by Craig Adderley on Pexels.com
O futuro de Brandemburgo

E a Tesla não é a única. A BASF já está construindo em Schwarzheide, no sul de Brandemburgo, uma grande fábrica de componentes para carros elétricos. Ela poderá abastecer até 400 mil carros por ano com esses componentes.

Além disso, outra empresa iniciará em 2024 a produção de lítio em Brandemburgo, material indispensável nas baterias de veículos elétricos. Essa deverá ser a maior produtora de lítio da Europa. A empresa Microvast, dos Estados Unidos, já instalou sua sede europeia em Brandemburgo e produzirá baterias para veículos elétricos.

Brandemburgo se tornará assim um grande centro de produção de carros elétricos, o que terá um impacto considerável na economia e desenvolvimento da região.


Fonte:

Tagesschau – Wird jetzt ganz Brandenburg “giga”?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s